• Dr. Douglas Kind Eleutério

Melatonina - "O hormônio do sono"


Em um mundo em que tudo é rápido, com pessoas cada vez mais ansiosas, os distúrbios do sono são cada vez mais frequentes. Neste cenário, a melatonina surgiu como mais uma arma no arsenal daqueles que buscam qualidade do sono.

Mas como ela funciona?

Será que realmente auxilia na qualidade do sono?

O que é a melatonina?

A melatonina é um hormônio produzido na glândula pineal a partir do aminoácido triptofano e secretado no sangue e no líquido cefalorraquidiano (que envolve o sistema nervoso central). Ela controla o sono e o ritmo circadiano.

O que é ritmo circadiano?

É o ciclo de 24 horas no qual o nosso organismo se baseia para determinar o período sono-vigília e as várias funções dos órgãos e sistemas.

Como a melatonina influencia o ritmo circadiano?

Com o início da noite e o surgimento da escuridão, o fluxo neuronal para a pineal aumenta e há formação de melatonina, que então se difunde para fora da glândula pineal e aumenta suas concentrações plasmáticas em até 20 vezes.

A melatonina parece inibir, por meio de receptores específicos, disparos do núcleo supraquiasmático, um dos responsáveis pelo ciclo sono-vigília, o que pode contribuir para os efeitos de promoção do sono da melatonina.

O que pode afetar a produção da melatonina?

Idade:

Normalmente, o principal fator que afeta a concentração plasmática de melatonina é sua taxa de secreção, que varia com o ritmo circadiano e com a idade.

A secreção de melatonina inicia-se no terceiro ou quarto meses de vida e atinge um pico nas idades de um a três anos. Depois diminui ligeiramente para um platô que persiste até o início da idade adulta. A secreção, então, começa um declínio acentuado e contínuo na maioria das pessoas, sendo que por volta dos 70 anos é igual a um quarto ou menos quando comparada a adultos jovens.

Assim, uma estratégia no uso de melatonina suplementar é administrá-la a adultos mais velhos com insônia associada à idade em doses apenas suficientes para compensar esse declínio relacionado ao envelhecimento.