• Dr. Douglas Kind Eleutério

BCAA - Realmente funciona?

Atualizado: Ago 28


Amplamente difundido entre atletas profissionais e amadores, o BCAA é apontado como um suplemento fundamental para quem deseja aumento no desempenho físico em esportes de força.

Será que o BCAA é tudo isso mesmo?

Vamos ver o que dizem estudos sobre os possíveis efeitos benéficos desta famosa arma do arsenal daqueles que buscam performance esportiva.

Para começar, o que é BCAA?

O BCAA (do inglês, Branched-Chain Amino Acids; Aminoácidos de cadeia ramificada em tradução livre) é um suplemento composto pelos aminoácidos leucina, valina e isoleucina, que são os aminoácidos mais abundantes no músculo. Eles não podem ser sintetizados no corpo, mas grandes quantidades são encontradas em carnes vermelhas, laticínios, grãos e castanhas.

Obs.: vegetarianos podem obter quantidades suficientes se comerem uma quantidade adequada e variada de legumes, nozes, grãos e sementes diariamente.

Por que o BCAA é importante para a saúde muscular?

Eles são oxidados no músculo durante a prática de exercícios de longa duração, participando do processo de produção de energia e evitando a fadiga.

Quais os benefícios atribuídos à suplementação com BCAA?

Há relatos de pesquisas sugerindo que o uso do BCAA auxilia na:

  • Recuperação muscular.

  • Redução da fadiga, especialmente em exercícios de longa duração. – Imunidade: reduz a imunossupressão provocada por exercícios intensos.

  • Hipertrofia muscular: ajuda na síntese de proteína.

Entretanto, há dados conflitantes em relação a estas informações. Em uma consulta ao UpToDate, site especializado em educação e informação médica baseada em evidências, com material confiável e atualizado, temos o seguinte:

  • Embora os BCAAs sejam amplamente utilizados por atletas, não há evidências de alta qualidade de sua eficácia, principalmente quando comparada com a ingestão de uma dieta rica em carne, que é mais barata.